Efeitos do vinho tinto na concentração de lipolissacarídeos séricos
27 de maio de 2013
Equipe Editorial Bibliomed

27 de maio de 2013 (Bibliomed). O consumo crônico de vinho tinto (VT) tem sido associado com a diminuição do risco de doença cardiovascular, atribuído principalmente à melhora no perfil lipídico. A ingestão de VT também é capaz de alterar a composição da microbiota intestinal. A alta ingestão de gordura foi, recentemente, associada com o aumento na endotoxemia metabólica. A microbiota intestinal é proposta como a principal fonte de lipolissacarídeos plasmáticos (LPSs) em um estado de toxemia metabólica. Um recente estudo, então, analisou o...

Palavras chave: cardiologia, nutrição, vinho tinto, lipolissacarídeos, efeitos cardiovasculares, microbiota intestinal, Bifidobacterium e Prevotella

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 17 de dezembro de 2009
Vinho ecológico produz menos obstrução nasal em pessoas sensíveis, aponta estudo
Notícia / Publicada em 16 de agosto de 2006
Será o vinho branco tão bom para o coração quanto o tinto?
Notícia / Publicada em 29 de outubro de 2004
Um pouco de vinho tinto pode ajudar a afastar o câncer pulmonar
Notícia / Publicada em 30 de janeiro de 2003
Beber freqüentemente reduz o risco de ataques cardíacos
Notícia / Publicada em 8 de agosto de 2002
Indivíduos obesos podem se beneficiar do vinho tinto
Notícia / Publicada em 12 de julho de 2002
Vinho tinto pode prevenir câncer de próstata
Notícia / Publicada em 21 de maio de 2002
Vinho reduz incidência de resfriado comum
Notícia / Publicada em 28 de fevereiro de 2002
Consumo moderado de álcool reduz risco de doença arterial periférica
Notícia / Publicada em 5 de fevereiro de 2002
O álcool parece prevenir a demência


Assinantes


Esqueceu a senha?