Ingestão de ômega-3 e ômega-6 modifica a gravidade da asma e a resposta à poluição do ar em ambientes fechados em crianças
16 de abril de 2019
Equipe Editorial Bibliomed

16 de abril de 2019 (Bibliomed). A ingestão de ômega-3 e ômega-6 está associada com a morbidade da asma pediátrica e podem modificar a resposta às partículas de materiais (PM) ambientes fechados, de acordo com um estudo publicado na revista American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine.

Pesquisadores da Johns Hopkins University of Medicine examinaram a correlação entre a ingestão de ácidos graxos ômega-3 e de ômega-6 e morbidade da asma pediátrica em 135 crianças com asma....

Palavras chave: Pediatria, pneumologia, asma, ômega-3, ômega-6, partículas de materiais, ambientes fechados, dieta.

Copyright © 2019 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 3 de abril de 2020
Novo coronavírus poderia ser transmitido pela fala
Notícia / Publicada em 31 de outubro de 2018
Milhões de visitas de emergência devido à asma devido à poluição do ar
Notícia / Publicada em 16 de novembro de 2010
Natação em piscinas com cloro pode piorar a asma, aponta estudo
Notícia / Publicada em 24 de maio de 2010
Grupos de alimentos diminuem o risco de Doença de Alzheimer
Notícia / Publicada em 3 de outubro de 2003
Óleo de peixe pode prevenir a perda de peso relacionada ao câncer
Notícia / Publicada em 10 de janeiro de 2002
Estudo mostra que ácidos graxos insaturados podem causar inflamação
Notícia / Publicada em 4 de setembro de 2001
Anvisa estuda venda de substâncias bioativas, probióticos e nutrientes isolados
Notícia / Publicada em 28 de fevereiro de 2001
BRASIL: Pesquisa Estuda Riqueza Nutricional dos Mariscos na Bahia
Notícia / Publicada em 10 de janeiro de 2001
Brasil: Lançado Purificador de Ar Individual


Assinantes


Esqueceu a senha?