Ingestão de fast-foods e sedentarismo: uma combinação que leva à obesidade - American Journal of Clinical Nutrition 2006; 83(2):189-90

Bes-Rastrolo e colaboradores publicaram recentemente um artigo no qual concluem que o consumo de refirgerantes e de fast-foods e, em menor extensão, que o consumo de sucos de frutas adoçados e de carnes vermelhas, predizem um ganho de peso de aproximadamente 0,4Kg/ano, independentemente do consumo energético, da prática de atividades físicas e do hábito de assistir televisão.

Esse estudo foi conduzido em um período de 28 meses, com homens e mulheres de idade média de 41 anos. Para os refrigerantes, e não para os outros alimentos, eles observaram que o ganho de peso foi maior entre os indivíduos que haviam ganhado peso nos 5 anos anteriores ao início do estudo. Mas parece que esse achado foi ao acaso, já que esses indivíduos ganharam menos peso durante o acompanhamento. Os dados do estudo são semelhantes aos do estudo CARDIA: o consumo...

Palavras chave: peso, consumo, ganho, não, sedentarismo, ganho peso, alimentos, energético, estudo, gasto, fast-foods, baixo, pessoa, ser, ingestão, consumo, consumo energético, refrigerantes não, gasto energético, energético condições alto,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 16 de setembro de 2011

Obesidade na infância

Artigo / Publicado em 24 de junho de 2002

02 - Fatores de Risco Relacionados ao Estilo de Vida - Obesidade e Dieta

Artigo / Publicado em 23 de fevereiro de 2016

Nutrição e exercício

Artigo / Publicado em 7 de março de 2013

Obesidade na Gestação

Artigo / Publicado em 27 de novembro de 2009

Caquexia

Artigo / Publicado em 13 de setembro de 2007

Obesidade Infantil: abordagem terapêutica

Artigo / Publicado em 12 de junho de 2009

Dieta e Risco de Câncer de Mama

Notícia / Publicada em 6 de agosto de 2012

Jogos digitais com controle de movimento podem ser uma alternativa mais saudável ao sedentarismo dos vídeo games tradicionais em adultos jovens

Notícia / Publicada em 8 de agosto de 2011

Consumo de leite pela gestante, crescimento fetal, e riscos de complicações neonatais: o estudo Generation R

Notícia / Publicada em 8 de agosto de 2011

Associação entre sono e obesidade: novas informações



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa