Hábitos alimentares saudáveis podem preservar a função cognitiva e reduzir o risco de demência
16 de julho de 2017
Equipe Editorial Bibliomed

16 de julho de 2017 (Bibliomed). Durante a Alzheimer's Association International Conference (AAIC) 2017, que ocorreu de 15 a 20 de julho de 2017, em Londres, Inglaterra, foram apresentados resultados de quatro grandes estudos populacionais que apoiam a conexão entre boas práticas alimentares e uma melhor cognição na velhice.

Pesquisadores dos Estados Unidos analisaram dados de quase 6.000 adultos de meia idade que participaram do Health and Retirement Study e descobriram que adotaram hábitos...

Palavras chave:

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 27 de julho de 2020
Uma pior função multissensorial pode acelerar o envelhecimento cognitivo
Notícia / Publicada em 16 de dezembro de 2013
Associação entre dieta na vida adulta e saúde ao envelhecer
Notícia / Publicada em 25 de novembro de 2013
Influência da dieta na função cognitiva
Notícia / Publicada em 24 de dezembro de 2012
Atividade física previne a progressão do dano cognitivo e da demência vascular: o estudo LADIS
Notícia / Publicada em 1 de outubro de 2012
Delirium é um forte fator de risco para demência nos idosos
Notícia / Publicada em 7 de abril de 2011
Demência de Alzheimer é precedida por 5 a 6 anos de declínio acelerado em várias funções cognitivas
Notícia / Publicada em 16 de abril de 2003
Infartos cerebrais silenciosos predizem risco de demência
Notícia / Publicada em 6 de novembro de 2002
Dieta rica em peixes reduz risco de demência
Notícia / Publicada em 18 de agosto de 2000
A Depressão Pode Ser um Fator de Risco para Demência Tardia


Assinantes


Esqueceu a senha?