Área do cérebro pode explicar mania de guardar 'coisas inúteis'

22 de dezembro de 2004
Equipe Editorial Bibliomed

22 de dezembro de 2004. Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Iowa localizou uma região no lóbulo frontal que parece controlar esse comportamento. Segundo os cientistas, o hábito de guardar coisas que não usamos está ligado à Desordem Obsessiva-Compulsiva (DOC), mas ainda não se sabe o que o desencadeia ou se é uma condição única. O estudo, publicado no jornal especializado Brain, salienta que há cada vez mais evidências de que tal comportamento tem seu próprio mecanismo.

Fonte:

Palavras chave: não, comportamento, uma, guardar, brain, desencadeia, condição única, estudo publicado, uma condição única, sabe, única estudo, uma condição, é, publicado, estudo, especializado,

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 13 de abril de 2007
Ensinando aos cirurgiões sobre habilidades não técnicas
Clipping / Publicado em 9 de maio de 2006
Substituir marca-passo defeituoso pode ser pior que mantê-lo
Clipping / Publicado em 9 de novembro de 2005
Testes para vacina contra malária em Moçambique já começaram
Clipping / Publicado em 12 de setembro de 2005
Origem dos tumores pode estar na divisão de células-tronco
Clipping / Publicado em 17 de agosto de 2005
Diferença mínima
Clipping / Publicado em 28 de julho de 2005
OMS vê avanços mesmo sem alcançar meta anti-Aids
Clipping / Publicado em 6 de maio de 2005
Tratamento econômico
Clipping / Publicado em 19 de novembro de 2003
Não há previsão para criação de vacina antiaids
Clipping / Publicado em 12 de março de 2003
Pesquisadores encontram grupo de genes inativos durante clonagem
Clipping / Publicado em 11 de março de 2003
Efeito colateral menor em remédio de filariose


Assinantes


Esqueceu a senha?