Nova pista terapêutica para o Ebola é testada em macacos

15 de dezembro de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

15 de Dezembro de 2003. Resultados preliminares de um teste em macacos apontam um passo importante no aperfeiçoamento de uma estratégia terapêutica para a febre hemorrágica de Ebola, informa a revista The Lancet. O tratamento prolongou a vida dos animais e permitiu que 33 por cento deles sobrevivessem. No grupo não tratado (17 indivíduos), todos morreram. Os macacos sobreviventes mostraram-se com boa saúde nove meses depois da experiência.

Fonte: Agência Lusa Online

Palavras chave: macacos, ebola, sobreviventes mostraram-se, agência, indivíduos, sobrevivessem no grupo, cento sobrevivessem no, sobrevivessem no grupo não, não tratado, grupo não, 33, animais, não,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 14 de maio de 2007
Dificuldades de atenção e aprendizado na adolescência relacionadas ao assistir excessivamente à televisão
Clipping / Publicado em 28 de março de 2007
Avaliação de linfonodos e sobrevida após ressecção curativa do câncer de cólon
Clipping / Publicado em 14 de julho de 2006
Estresse aumenta o risco de doenças periodontais
Clipping / Publicado em 24 de abril de 2006
Mutação genética causaria obesidade, diz estudo
Clipping / Publicado em 13 de fevereiro de 2006
Maior consumo de laticínios diminui periodontite
Clipping / Publicado em 27 de janeiro de 2004
Analisados quadros de resistência ao Clopidogrel
Clipping / Publicado em 22 de janeiro de 2004
Estudos paralelos avaliam complicações em diversas abordagens para histerectomia
Clipping / Publicado em 13 de junho de 2003
Dez países latino-americanos reduzem preço de droga contra Aids
Clipping / Publicado em 9 de junho de 2003
Levantamento da saúde bucal começa esta semana em Dourados
Clipping / Publicado em 11 de fevereiro de 2003
Hospital do Câncer vai ampliar radioterapia


Assinantes


Esqueceu a senha?