Bioquímica da longevidade

21 de março de 2006
Equipe Editorial Bibliomed

21 der Março de 2006. As correlações entre a insulina e a reprodução, a longevidade e a resposta ao estresse são conhecidas há pelo menos duas décadas. Na década de 1990, manipulações bioquímicas feitas nesse universo orgânico, mais especificamente sobre os receptores de insulina, mostraram que era possível aumentar a vida de um organismo. "A grande novidade do trabalho feito no Instituto Salk é mostrar que o envelhecimento é um processo regulado, e não simplesmente um processo natural", afirma Gustavo Maciel, médico e cientista brasileiro...

Palavras chave: é, longevidade, insulina, processo, trabalho, processo regulado, gustavo, é processo, é processo regulado, salk, regulado não, envelhecimento é, natural", regulado, não, simpl

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 18 de maio de 2007
Preditores de depressão em pacientes com osteoartrite
Clipping / Publicado em 17 de maio de 2007
Ferver o brócolis diminui suas propriedades anti-câncer
Clipping / Publicado em 24 de abril de 2007
Lumpectomia guiada por ultra-sonografia vs lumpectomia localizada por fio no tratamento do câncer de mama
Clipping / Publicado em 13 de abril de 2007
Uso crescente da tomografia computadorizada do tórax para avaliação de trauma
Clipping / Publicado em 11 de abril de 2007
Trabalhar perto de piscinas aumenta risco de problemas respiratórios
Clipping / Publicado em 17 de março de 2006
Refrigerantes podem aumentar erosão do dente, concluíram pesquisadores
Clipping / Publicado em 12 de abril de 2005
Mal de Parkinson pode levar paciente à solidão
Clipping / Publicado em 29 de outubro de 2004
Cientistas descobrem nova espécie humana
Clipping / Publicado em 18 de setembro de 2003
UFMG realiza pesquisa pioneira no teste do pezinho em Belo Horizonte
Clipping / Publicado em 15 de agosto de 2003
Radioterapia piora o prognóstico a longo prazo na leucemia linfoblástica aguda


Assinantes


Esqueceu a senha?