Estresse pode piorar vitiligo e calvície

24 de agosto de 2007
Equipe Editorial Bibliomed

24 de Agosto de 2007 (Bibliomed). O estresse pode ser um fator precipitante ou agravante para o surgimento de distúrbios como a calvície e o vitiligo, doença marcada pela despigmentação da pele, segundo pesquisadores romenos. Eles realizaram um estudo que incluiu 45 pacientes com calvície e 32 com vitiligo, comparados com outras pessoas com doenças de pele sem ligação com o estresse. E observaram que 65% das pessoas com vitiligo ou calvície já haviam sofrido algum evento estressante na vida, contra apenas 22% do grupo controle. Além disso, a quantidade de situações...

Palavras chave: vitiligo, mais, estresse, pacientes, pessoas, problemas, situações, pacientes com calvície, grupo, com calvície, quantidade situações, além quantidade, situações estressantes era mui

 

Divulgação



conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 24 de julho de 2007
Dieta com baixa carga glicêmica melhora os sintomas da acne
Clipping / Publicado em 23 de fevereiro de 2006
Você tem fome de quê?
Clipping / Publicado em 21 de dezembro de 2005
Células humanas se unem aos neurônios de roedor
Clipping / Publicado em 6 de julho de 2005
Obesidade: uma doença a ser combatida!
Clipping / Publicado em 11 de abril de 2005
Novas descobertas sobre a osteoporose
Clipping / Publicado em 12 de novembro de 2003
Sinais inflamatórios ajudam a prever eventos cardiovasculares em idosos
Clipping / Publicado em 21 de outubro de 2003
Uma em cada 16 mulheres pobres podem morrer em gravidez e parto
Clipping / Publicado em 25 de abril de 2003
Aventada associação entre a ocorrência de seminoma e a Síndrome de Down
Clipping / Publicado em 19 de março de 2003
Surto de conjuntivite atinge 5 mil Rio Grande do Sul
Clipping / Publicado em 22 de janeiro de 2003
Amar é a melhor maneira de emagrecer, diz pesquisa


Assinantes


Esqueceu a senha?