Má evolução após a alta em bebês prematuros extremos
26 de junho de 2012
Equipe Editorial Bibliomed

26 de junho de 2012 (Bibliomed). Para avaliar os fatores de risco e desenvolver um método simples para estimativa de maus resultados neonatais para grupos específicos de crianças extremamente prematuras ao nascimento, um estudo lançou mão de uma base populacional de crianças de baixo peso ao nascimento em Israel.

Os principais fatores associados com maus resultados de uma gestação de 24 a 26 semanas foram: idade gestacional, sexo masculino, percentil de peso ao nascimento específico para o sexo e ausência de corticoterapia pré-natal....

Palavras chave:

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?