Terapia combinada de antiagregante plaquetário e anticoagulante oral em pacientes com doença arterial coronariana e periférica: foco no estudo COMPASS - Circulation. 2019;139:2170–2185.

Paul A. Gurbel, Keith A.A. Fox, Udaya S. Tantry, Hugo ten Cate, Jeffrey I. Weitz

A terapia antiplaquetária é a base para o tratamento da doença arterial aguda e crônica que envolve os leitos coronário e periférico. No entanto, permanecem questões sobre a terapia antitrombótica ideal para o tratamento a longo prazo da doença vascular crônica. A observação de que a terapia antiplaquetária dupla com ácido acetilsalicílico e clopidogrel foi associada com menores taxas de eventos trombóticos do que a monoterapia com ácido acetilsalicílico em pacientes com síndromes coronarianas agudas e aqueles submetidos à intervenção coronariana percutânea mudou o paradigma do tratamento. Além disso, a demonstração de que mais inibidores farmacodinamicamente potentes do P2Y12 do que o clopidogrel foram associados com menos ocorrências de eventos...

Palavras chave: Cardiologia, aterotrombose, inibidores P2Y12, anticoagulação oral, ácido acetilsalicílico, síndrome coronariana aguda.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Terapia combinada de antiagregante plaquetário e anticoagulante oral em pacientes com doença arterial coronariana e periférica: foco no estudo COMPASS - Circulation. 2019;139:2170–2185. Cardiologia, aterotrombose, inibidores P2Y12, anticoagulação oral, ácido acetilsalicílico, síndrome coronariana aguda.',@type='ARTICLE', @libdocidant=0, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?