Apresentação clínica e sobrevida da cardiomiopatia hipertrófica na infância: um estudo retrospectivo no Reino Unido - European Heart Journal, Volume 40, Issue 12, Pages 986–993.

Gabrielle Norrish, Ella Field, Karen Mcleod, Maria Ilina, Graham Stuart, Vinay Bhole, Orhan Uzun, Elspeth Brown, Piers E F Daubeney, Amrit Lota, et al.

Objetivos: Entender o espectro da doença, a carga de sintomas e a história natural são essenciais para o manejo de crianças com cardiomiopatia hipertrófica (CMH). O efeito de mudar as práticas de rastreio ao longo do tempo não foi previamente estudado. Este estudo descreve as características clínicas e os desfechos da CMH infantil durante quatro décadas em uma coorte bem caracterizada do Reino Unido.

Métodos e resultados: Seiscentos e oitenta e sete pacientes com CMH apresentaram idade mediana de 5,2 anos (variação de 0 a 16). A etiologia foi: não-sindrômica (n=433, 63%), RASopatia (n=126, 18,3%), ataxia...

Palavras chave: Cardiologia, Pediatria, cardiomiopatia hipertrófica, infância, morte, transplante, arritmia.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Apresentação clínica e sobrevida da cardiomiopatia hipertrófica na infância: um estudo retrospectivo no Reino Unido - European Heart Journal, Volume 40, Issue 12, Pages 986–993. Cardiologia, Pediatria, cardiomiopatia hipertrófica, infância, morte, transplante, arritmia.',@type='ARTICLE', @libdocidant=0, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?