Gravidez, trombofilia e risco de uma primeira trombose venosa: revisão sistemática e metanálise bayesiana - BMJ 2017;359:j4452

F Nanne Croles, Kazem Nasserinejad, Johannes J Duvekot, Marieke JHA Kruip, Karina Meijer, Frank WG Leebeek

Objetivo: Fornecer provas para apoiar diretrizes atualizadas para o manejo de mulheres grávidas com trombofilia hereditária, a fim de reduzir o risco de um primeiro tromboembolismo venoso (TEV) na gravidez.

Design: Revisão sistemática do projeto e metanálise bayesiana.

Fontes de dados: Embase, Medline, Web of Science, Cochrane Library e Google Scholar desde o início até 14 de novembro de 2016.

Métodos de revisão: Os estudos observacionais que relataram gestações sem o uso de anticoagulantes e o resultado evolutivo do primeiro TEV para mulheres com trombofilia foram elegíveis para inclusão....

Palavras chave: Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia, tromboembolismo venoso, fator V Leiden, mutação da protrombina G20210A, trombose, profilaxia

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 20 de fevereiro de 2009

Tromboembolismo na Gestação

Artigo / Publicado em 18 de janeiro de 2013

Riscos Trombóticos Associados aos Contraceptivos

Artigo / Publicado em 3 de julho de 2000

Coagulopatias Congênitas

Artigo / Publicado em 6 de julho de 2001

Interrupção da Terapêutica com Heparina Durante a Gravidez

Artigo / Publicado em 23 de janeiro de 2018

Hormônio do Crescimento e Câncer

Artigo / Publicado em 27 de maio de 2011

Síndrome pós-trombótica

Artigo / Publicado em 5 de maio de 2015

Trombose da Veia Subclávia

Artigo / Publicado em 10 de novembro de 2008

Estrógenos conjugados

Artigo / Publicado em 5 de outubro de 2001

Riscos e Benefícios da Terapia de Reposição Hormonal: Perspectivas Atuais

Artigo / Publicado em 29 de novembro de 2001

O Uso de Heparina de Baixo Peso Molecular em Gestante com Valvas Cardíacas Mecânicas



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa