Rastreamento para câncer de próstata - BMJ 2010; 341:c4543.

Mia Djubegovic e colaboradores, da Universidade da Flórida, EUA, realizaram revisão sistemática da literatura e meta-análise com o objetivo de examinar as evidências sobre os benefícios e malefícios do rastreamento para câncer de próstata (CP).

Bancos de dados eletrônicos incluindo Medline, EMBASE, CENTRAL e listas de referências foram pesquisados. Os pesquisadores selecionaram estudos randomizados e controlados que compararam o rastreamento para CP com dosagem de antígeno prostático específico (PSA) com ou sem toque retal versus não rastreamento. Os dados foram avaliados por dois revisores independentes e verificados pelo investigador principal.

Seis estudos randomizados e controlados, com um total de 387.296 participantes atingiram os critérios de inclusão, tendo sido analisados. O rastreamento foi associado...

Palavras chave: rastreamento, cp, ic95%, rr, estudos, estudos randomizados, não, randomizados, dados, psa toque, rastreamento cp, randomizados controlados, participantes, estudos randomizados controlados, controlados, mortalidade, , efeito, evidências, toque,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Rastreamento para câncer de próstata - BMJ 2010; 341:c4543. rastreamento, cp, ic95%, rr, estudos, estudos randomizados, não, randomizados, dados, psa toque, rastreamento cp, randomizados controlados, participantes, estudos randomizados controlados, controlados, mortalidade, , efeito, evidências, toque, ',@type='ARTICLE', @libdocidant=0, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?