Dexclorfeniramina

Equipe Editorial Bibliomed

Marco Tulio Baccarini Pires *. * Professor Adjunto - Faculdade de Medicina da UFMG; Investigador Principal do CEBIO _ Centro de Pesquisa em Biotecnologia; Diretor Médico da Bibliomed – Biblioteca Médica Virtual.. 1. Histórico . Desde 1910, e por 40 anos consecutivos, muitos estudos foram realizados acerca das ações farmacológicas da histamina nos seres humanos. Neste período, foi descoberta a ação desta medicação na musculatura lisa pulmonar e intestinal (contratura), ao contrário do relaxamento produzido pela droga na camada muscular dos vasos sanguíneos, causando o seu relaxamento e conseqüente hipotensão.. Nos anos 1960s e 1970s foram descobertos dois diferentes receptores onde a histamina pode agir, chamados receptores H-1 e H-2. Os receptores H-1 são encontrados nos pulmões, vasos sangüíneos, e terminações nervosas.. Os receptores H-2 estão primariamente envolvidos na liberação da secreção ácida do estômago. Os antihistamínicos usados para tratar problemas alérgicos são todos eles basicamente bloqueadores H-1. 1. A clorfenamina é um antihistamínico de primeira geração, alquilamina (propilamina) derivado. 2,3 O primeiro relato publicado encontrado na base de dados Medline sobre o uso do maleato de clorfenamina no tratamento de dermatose ...

Palavras chave: clorfenamina, maleato, dexclorfeniramina, é, receptores, , maleato clorfenamina, são, histamina, maleato dexclorfeniramina, maleato, clorfenamina é, usados, h-1, alívio, maleato clorfenamina, alérgicas, ação, relaxamento, solúvel,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?