Doença de Pick

Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Exame do paciente. - Tabela 1 – Principais diagnósticos diferenciais da doença de Pick. - Exames complementares. - Tratamento. - Conclusão. - Referências bibliográficas. Introdução. . A doença de Pick, descrita pela primeira vez em 1892, consiste em uma demência progressiva definida de acordo com critérios clínico-patológicos. Ao contrário da doença de Alzheimer e outras demências que apresentam déficits cognitivos localizados no córtex posterior (parietal), a doença de Pick costuma afetar os lobos frontal e/ou temporal. Atualmente, este distúrbio é considerado por muitos autores como parte de um ‘complexo’ de distúrbios neurodegenerativos com aspectos clínicos e histopatológicos similares.. . O conceito de demência fronto-temporal – da qual a doença de Pick é um exemplo – engloba uma ampla variedade de distúrbios. Clinicamente, a doença de Pick (DP) pode ser idêntica a diversas outras situações envolvendo degeneração do lobo frontal.. . Alguns casos detectados precocemente evidenciam uma gliose subcortical progressiva, mas não raramente encontra-se um quadro de demência sem qualquer ...

Palavras chave: Demência, degeneração do lobo frontal, demência fronto-temporal, afasia, gliose, doença de Pick, doença de Alzheimer

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Doença de Pick Demência, degeneração do lobo frontal, demência fronto-temporal, afasia, gliose, doença de Pick, doença de Alzheimer',@type='ARTICLE', @libdocidant=15278, @max_rows=10, @key_rank=0
Artigo / Publicado em 14 de setembro de 2018

Apraxia

Artigo / Publicado em 24 de março de 2017

Demência do lobo fronto-temporal

Artigo / Publicado em 1 de fevereiro de 2018

Encefalopatia Urêmica

Artigo / Publicado em 7 de julho de 2005

Afasia

Artigo / Publicado em 11 de maio de 2007

Demência Vascular

Notícia / Publicada em 8 de julho de 2013

Distúrbios de memória ocorrem em adultos que se submeteram a radioterapia craniana enquanto crianças

Notícia / Publicada em 25 de fevereiro de 2013

Inflamação e degeneração da substância branca cerebral persistem por anos após lesão traumática do cérebro

Notícia / Publicada em 24 de dezembro de 2012

Atividade física previne a progressão do dano cognitivo e da demência vascular: o estudo LADIS

Notícia / Publicada em 7 de outubro de 2011

As demências podem ser distinguidas clinicamente com um alto nível de precisão

Notícia / Publicada em 27 de novembro de 2002

Proteínas do fluido cerebroespinhal identificam risco de Alzheimer



Assinantes


Esqueceu a senha?