05 - Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) - Infecção genital baixa em mulheres

Equipe Editorial Bibliomed

As infecções do aparelho genito-urinário (AGU) feminino produzem várias síndromes, muitas vezes com sinais e sintomas superpostos (p.ex.: disúria, alteração do corrimento vaginal, irritação vulvar, dispareunia). O tratamento é difícil e em geral frustrante, tanto para o médico como para a paciente. O primeiro passo é determinar o local anatômico primário da infecção: uretra, bexiga, endocérvice ou vagina. Em pacientes com infecções baixas, é importante avaliar a possibilidade de acometimento do AGU alto (pielonefrite, salpingite, etc). . . 1. Síndrome Uretral: cistite bacteriana associada ou não à pielonefrite. Apresenta-se com disúria, polaciúria e piúria. Neisseria e Chlamydia são os agentes mais comuns. Pacientes com sintomas de uretrite sem bacteriúria devem ser submetidas à coleta de material uretral e cervical para pesquisa de Neisseria gonorrhoeae. . . 2. Vaginite: cinco vezes mais freqüente que qualquer outra infecção do aparelho genitourinário baixo na mulher. Predominam as infecções por leveduras (Candida albicans), Trichomonas vaginalis e a chamada Vaginose Bacteriana, causada por outros tipos de microorganismos que não a C. albicans e T. vaginalis (diagnóstico de exclusão). . . A Tricomoníase representa 10 a 15% das causas de corrimento vaginal, causada pelo Trichomonas vaginallis, protozoário oval ou piriforme, anaeróbio, flagelado, que ...

Palavras chave: é, ser, presença, infecção, c, mais, corrimento, disúria, bacteriana, infecções, uso, vezes, não, sintomas, vaginal, ph vaginal, vaginose bacteriana, mais freqüente, antibióticos de anticoncepcionais hormonais, antibióticos de anticoncepcionais,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='05 - Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) - Infecção genital baixa em mulheres é, ser, presença, infecção, c, mais, corrimento, disúria, bacteriana, infecções, uso, vezes, não, sintomas, vaginal, ph vaginal, vaginose bacteriana, mais freqüente, antibióticos de anticoncepcionais hormonais, antibióticos de anticoncepcionais, ',@type='ARTICLE', @libdocidant=13833, @max_rows=10, @key_rank=0
Artigo / Publicado em 18 de maio de 2020

Gardnerela

Artigo / Publicado em 23 de agosto de 2007

Vulvovaginite

Artigo / Publicado em 24 de outubro de 2007

Doenças Sexualmente Transmissíveis

Artigo / Publicado em 20 de agosto de 2018

Ginecologia na pré-puberdade

Notícia / Publicada em 9 de dezembro de 2010

PRO2000 em gel vaginal não é eficaz contra a transmissão do HIV-1

Notícia / Publicada em 15 de agosto de 2008

Comportamentos de risco para infecção por HIV em delinqüentes jovens com transtornos psiquiátricos

Notícia / Publicada em 4 de julho de 2008

A cessação da realização de ducha vaginal reduz ocorrência de vaginose bacteriana

Notícia / Publicada em 20 de setembro de 2002

Vaginoses estão relacionadas com parto prematuro

Notícia / Publicada em 19 de setembro de 2002

Vaginoses estão relacionadas com parto prematuro

Notícia / Publicada em 22 de dezembro de 2000

Exames Vaginais Simples Determinam Risco de Trabalho de Parto Prematuro



Assinantes


Esqueceu a senha?