Empresas brasileiras são as que mais temem efeitos da Aids

16 de janeiro de 2006
Equipe Editorial Bibliomed

16 de Janeiro de 2006. Um levantamento do Fórum Econômico Mundial indica que mais empresários acreditam que a Aids irá causar efeitos negativos no Brasil do que no exterior. Das 212 empresas brasileiras consultadas para o relatório sobre a resposta do setor privado ao HIV, 48% responderam que esperam um impacto negativo da doença nos próximos cinco anos, enquanto a média global é de 46%.

Fonte: UOL Corpo e Saúde

Palavras chave: empresas brasileiras, efeitos, empresas, brasileiras, mais, aids, hiv, hiv 48%, setor privado hiv, resposta, 48% responderam, privado hiv, negativo, esperam, responderam, impacto,

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 20 de junho de 2005
Correção da mordedura não é responsável por prejuízos estéticos
Clipping / Publicado em 13 de janeiro de 2004
OMS descarta alerta sanitário na China
Clipping / Publicado em 23 de dezembro de 2003
Descoberta nos EUA nova forma de obter células-tronco
Clipping / Publicado em 19 de setembro de 2003
MP da biopirataria atrapalha cientistas
Clipping / Publicado em 11 de setembro de 2003
Ao menos 9.200 crianças nasceram com Aids na Rússia desde 2001
Clipping / Publicado em 26 de junho de 2003
Declaração de dados genéticos é revisada na Unesco
Clipping / Publicado em 12 de maio de 2003
Mais 50% de mães meninas
Clipping / Publicado em 31 de março de 2003
Mais chance após os 35
Clipping / Publicado em 21 de janeiro de 2003
Cientistas brasileiros estão entre os 10 melhores
Clipping / Publicado em 10 de janeiro de 2003
Conseqüência da obesidade na expectativa de vida


Assinantes


Esqueceu a senha?