Estudo revela que paixão afeta cérebro como droga que vicia

12 de dezembro de 2005
Equipe Editorial Bibliomed

12 de Dezembro de 2005. Apaixonar-se tem um efeito semelhante ao provocado por drogas que viciam, de acordo com um estudo realizado pela Universidade Estadual da Flórida e publicado na revista Nature Neuroscience. Segundo os pesquisadores, a dopamina, que estimula os centros de bem-estar do cérebro, colabora para que um tipo de roedor, usado no estudo, se mantenha fiel a seu par.

Fonte: UOL Corpo e Saúde

Palavras chave: estudo, cérebro, uol, corpo, usado, estimula centros, centros bem-estar, dopamina estimula centros, cérebro colabora, bem-estar cérebro, nature, segundo, bem-estar, centros, estimu

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 3 de maio de 2007
Migrânea e risco de doença cardiovascular em homens
Clipping / Publicado em 26 de abril de 2006
Cardeal defende uso de camisinha por casais casados
Clipping / Publicado em 6 de setembro de 2005
Psiquiatras podem de fato prevenir suicídios?
Clipping / Publicado em 23 de janeiro de 2004
Você fala o que come
Clipping / Publicado em 21 de novembro de 2003
Laboratório lança chiclete contraceptivo
Clipping / Publicado em 19 de novembro de 2003
Avanços na compreensão e no manejo da dor neuropática
Clipping / Publicado em 28 de outubro de 2003
Testes com células-tronco começarão em cinco anos
Clipping / Publicado em 9 de setembro de 2003
Tratando adolescentes: Corpos jovens, riscos de adulto...
Clipping / Publicado em 7 de agosto de 2003
Governo sul-africano vai usar medicina alternativa contra a Aids
Clipping / Publicado em 11 de abril de 2003
Metotrexato reduz as recidivas da leucemia linfocítica aguda no SNC


Assinantes


Esqueceu a senha?