Fibrinogênio estaria associado ao Alzheimer, diz estudo

25 de novembro de 2005
Equipe Editorial Bibliomed

25 de Novembro de 2005. Estudo realizado em Rotterdam, Holanda, concluiu que pessoas com níveis mais elevados de fibrinogênio teriam maior risco de desenvolver doença de Alzheimer e demência vascular. Entretanto níveis elevados da proteína C reativa não tiveram mesma associação. Os pesquisadores acreditam que o risco aumentado de demência associada ao fibrinogênio tem maior relação com as propriedades hemostáticas do que com as infamatórias. O artigo foi publicado na última edição da Stroke, uma revista oficial da American Heart Association.

Palavras chave: fibrinogênio, estudo, níveis, maior, alzheimer, demência, elevados, risco, aumentado demência, demência associada, associada fibrinogênio, fibrinogênio maior, aumentado, aumentado

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 6 de março de 2007
Massagem alivia náusea em mulheres com câncer de pulmão submetidas à quimioterapia
Clipping / Publicado em 10 de novembro de 2005
Pólio reaparece em comunidade i>amish /i> dos Estados Unidos
Clipping / Publicado em 14 de outubro de 2005
Pesquisadores estudam movimentos após a morte
Clipping / Publicado em 19 de agosto de 2005
Bracelete evita que paciente tome remédio errado
Clipping / Publicado em 13 de julho de 2005
Óxido nítrico não ajuda recém nascidos prematuros com insuficiência respiratória
Clipping / Publicado em 9 de maio de 2005
Os genes de Deus
Clipping / Publicado em 2 de março de 2004
Estudo investiga comprometimento do padrão respiratório normal em pacientes com DOPC
Clipping / Publicado em 24 de abril de 2003
Cientistas japoneses descobrem nova vitamina em 55 anos
Clipping / Publicado em 17 de fevereiro de 2003
Braços e pernas de volta
Clipping / Publicado em 6 de fevereiro de 2003
Estudada a incidência e transmissão do HPV na população universitária


Assinantes


Esqueceu a senha?