Estudo relaciona esclerose múltipla a nível hormonal

19 de janeiro de 2005
Equipe Editorial Bibliomed

19 de janeiro de 2005. Níveis anormais de hormônios podem desempenhar um papel significativo no desenvolvimento da esclerose múltipla, de acordo com pesquisa. Cientistas da Universidade La Sapienza, na Itália, observaram os níveis de hormônio em 25 homens e 35 mulheres com a doença e 36 pessoas saudáveis. Constatou-se que as mulheres com baixos níveis de testosterona tinham mais tecido cerebral danificado. Não havia diferença nos níveis de testosterona entre homens portadores ou não da doença. O estudo foi publicado no Journal of Neurology, Neurosurgery...

Palavras chave: níveis, esclerose, níveis testosterona, esclerose múltipla, doença, estudo, não, testosterona, múltipla, mulheres, mais tecido cerebral, tecido cerebral, mais tecido, saudáveis, c

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 26 de março de 2007
Prognóstico do stent após ureteroscopia não complicada
Clipping / Publicado em 9 de junho de 2006
Estudo explica atração por alimentos apetitosos
Clipping / Publicado em 27 de junho de 2005
Hipotermia melhora prognóstico depois de parada cardíaca
Clipping / Publicado em 15 de junho de 2005
Silenciosa e com complicações
Clipping / Publicado em 6 de maio de 2005
Inversão térmica aumenta casos de doenças respiratórias
Clipping / Publicado em 30 de dezembro de 2004
Pesquisa determina quais pacientes desenvolverão mal de Alzheimer
Clipping / Publicado em 29 de dezembro de 2004
Transtornos da consciência após o consumo de carambola ( i>Averrhoa carambola /i>)
Clipping / Publicado em 25 de fevereiro de 2004
Astronautas da EEI vão observar funcionamento de órgãos sem gravidade
Clipping / Publicado em 17 de outubro de 2003
Pesquisa: fast food só engorda (mais) os gordos
Clipping / Publicado em 29 de setembro de 2003
Esportistas usam insulina para melhorar desempenho


Assinantes


Esqueceu a senha?