Quando a toracotomia de emergência se torna um procedimento fútil?

24 de setembro de 2004
Equipe Editorial Bibliomed

24 de setembro de 2004. Artigo publicado no Journal of the American College of Surgeons descreve estudo prospectivo que desde 1977 tem avaliado os resultados de toracotomias realizadas em pacientes vítimas de trauma admitidos em serviços de emergência apresentando atividade elétrica miocárdica sem presença de pulso palpável. De acordo com dados obtidos de cerca de mil pacientes recrutados para a investigação, a toracotomia de emergência pode ser considerada procedimento fútil em pacientes vítimas de trauma contuso com mais de 5 minutos de parada cardíaca pré-hospitalar....

Palavras chave: pacientes, emergência, trauma, toracotomia, 2004, vítimas trauma, college surgeons, toracotomia emergência, procedimento, minutos parada, journal, minutos, college, surgeons, parada,

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 9 de março de 2007
Padrão de mortalidade em pacientes diagnosticados com fibrilação atrial primária
Clipping / Publicado em 21 de dezembro de 2005
Detectores de metais são úteis na busca de moedas ingeridas por crianças
Clipping / Publicado em 5 de dezembro de 2005
Pesquisa americana aponta benefícios para idosos no convívio com cães
Clipping / Publicado em 3 de outubro de 2005
Arroz e feijão, um par perfeito!
Clipping / Publicado em 10 de junho de 2005
Estudo indica probabilidade de doenças mentais nos EUA
Clipping / Publicado em 2 de junho de 2005
Genética determinaria eficácia de anticoagulante
Clipping / Publicado em 26 de outubro de 2004
Reposição hormonal
Clipping / Publicado em 15 de janeiro de 2003
Vacina pneumocócica pentavalente é útil na prevenção da otite em crianças
Clipping / Publicado em 9 de janeiro de 2003
Os efeitos do câncer para as crianças sobreviventes
Clipping / Publicado em 16 de dezembro de 2002
Descoberto gene que controla o medo adquirido


Assinantes


Esqueceu a senha?