Bebês prematuros e de baixo peso tem melhora nas suas funções neurais e de desenvolvimento com passar do tempo

12 de fevereiro de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

12 de Fevereiro de 2003. Bebês prematuros com baixo-peso ao nascimento apresentam uma alta prevalência de incapacidade neurodesenvolvimental quando avaliados ao longo dos primeiros anos de vida. Porém, recentes dados experimentais sugerem que o cérebro em desenvolvimento possa recuperar ou compensar o dano existente. Em um estudo liderado por pesquisadores da Universidade de Yale foram seguidos de maneira prospectiva 296 bebês cujo peso ao nascimento variou entre 600 a 1250 gramas. Os resultados deste estudo, publicados na revista JAMA desta semana, revelaram...

Palavras chave: bebês, nascimento, peso, prematuros, bebês prematuros, baixo, melhora, desenvolvimento, tempo, longo, estudo, entre 600 1250, variou entre 600 1250, nascimento variou, variou entre 6

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 31 de maio de 2007
Cálcio e vitamina D protegem mulheres mais jovens contra câncer de mama
Clipping / Publicado em 3 de julho de 2006
Urologistas pedem políticas de saúde específicas para os homens
Clipping / Publicado em 29 de novembro de 2005
Guaraná contra o câncer
Clipping / Publicado em 21 de setembro de 2005
Irrigação ultra-sônica remove com eficácia debris de dentina em canal radicular
Clipping / Publicado em 25 de fevereiro de 2004
Estudo compara margens cirúrgicas para excisão de melanomas
Clipping / Publicado em 19 de fevereiro de 2004
Gene da memória e aprendizado é ligado ao do vício
Clipping / Publicado em 24 de novembro de 2003
Morbidade e mortalidade no câncer gastro-esofagiano: primeiros resultados do ASCOT
Clipping / Publicado em 10 de outubro de 2003
Aparelho permite que cegos 'vejam' fazendo uso do som
Clipping / Publicado em 23 de julho de 2003
Stents embebidos em sirulimos apresentam graus de obstrução tardia
Clipping / Publicado em 12 de março de 2003
Pessoas de pernas curtas correm mais risco de ter diabetes, diz cientista


Assinantes


Esqueceu a senha?