Cientistas acreditam ter encontrado "afrodisíaco" feminino

01 de julho de 2004
Equipe Editorial Bibliomed

01 de Julho de 2004. Uma nova droga desenvolvida, a princípio, para tratar disfunção erétil pode se tornar o primeiro "afrodisíaco realmente científico" para mulheres, segundo pesquisadores canadenses que testaram o medicamento em ratas. Em artigo publicado pela Pnas - a revista da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos - a equipe de James Pfaus, pesquisador da Universidade Concordia, em Montreal, afirma que as ratas que receberam doses injetadas da droga PT-141, da companhia Palatin, apresentaram um maior estímulo sexual.

Palavras chave: ratas, droga, james, injetadas, que receberam, universidade concordia, pfaus pesquisador universidade, universidade concordia montreal, montreal afirma, concordia montreal, unidos, n

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 11 de abril de 2006
Novo monitor faz bem à saúde, diz fabricante
Clipping / Publicado em 23 de março de 2006
Estudo relaciona o câncer de próstata à obesidade
Clipping / Publicado em 19 de janeiro de 2006
Empresa diz criado teste para detectar o vírus da gripe aviária em uma hora
Clipping / Publicado em 18 de janeiro de 2006
Vírus neurotrópicos e paralisia cerebral
Clipping / Publicado em 18 de janeiro de 2006
Pesquisadores desenvolvem protocolo para agilizar a alta de pacientes com dor torácica
Clipping / Publicado em 12 de setembro de 2005
Cansaço faz residentes agirem como se estivessem embriagados
Clipping / Publicado em 25 de maio de 2005
Apenas altas doses de corticosteróides conseguem efeito benéfico em fumantes asmáticos
Clipping / Publicado em 14 de março de 2005
Cuidados com a saúde bucal devem se iniciar precocemente
Clipping / Publicado em 18 de fevereiro de 2004
Diagnóstico de intoxicação por monóxido de carbono é difícil para o médico
Clipping / Publicado em 27 de junho de 2003
Epidemiologia genética pode ajudar a controlar a doença de Chagas


Assinantes


Esqueceu a senha?