São necessárias novas ferramentas para estratificar o risco de infecção em crianças

12 de maio de 2020
Equipe Editorial Bibliomed

12 de maio de 2020 (Bibliomed). Os critérios de Boston e Filadélfia para bebês febris foram desenvolvidos décadas atrás, antes do uso generalizado da vacina conjugada para identificar bebês com baixo risco de infecções bacterianas graves e invasivas. A aplicação contínua dessas ferramentas é incerta no momento atual.

Para avaliar estes critérios na atualidade, pesquisadores reuniram uma coorte multicêntrica de crianças de 29 a 60 dias de idade nos quais se obtiveram líquido cefalorraquidiano...

Palavras chave: Pediatria, risco de infecção, crianças, estratificação, critérios, sensibilidade, neonatologia, infectologia.

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 23 de maio de 2007
Síndrome da apnéia-hipopnéia do sono e doenças cardiovasculares
Clipping / Publicado em 21 de maio de 2007
Prevalência e fatores de risco da sonolência subjetiva na população adulta geral
Clipping / Publicado em 7 de junho de 2006
Não somos inteiramente humanos, sugere genética de germes
Clipping / Publicado em 6 de junho de 2006
Um em cada 50 adolescentes ainda faz xixi na cama
Clipping / Publicado em 28 de novembro de 2005
Extração dentária modifica arquitetura oral
Clipping / Publicado em 19 de julho de 2005
Terapias alternativas ganham espaço entre pacientes. Mas por quê?
Clipping / Publicado em 1 de março de 2004
Base cerebral da empatia é ativação do componente afetivo da dor, mostra estudo
Clipping / Publicado em 28 de agosto de 2003
Rigotto sanciona lei que poderá salvar pacientes terminais
Clipping / Publicado em 12 de março de 2003
Grande BH tem mais casos de hemorrágica
Clipping / Publicado em 6 de janeiro de 2003
O efeito analgésico do leite materno – um estudo controlado


Assinantes


Esqueceu a senha?