Novo estudo mostra que Ritalina não causa

08 de janeiro de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

08 de Dezembro de 2003. Um estudo publicado esta semana acaba com a polêmica que envolvia o medicamento Ritalina, normalmente indicado para o tratamento de crianças com hiperatividade ou distúrbio de comportamento, o déficit de atenção. Até pouco tempo falava-se que a droga seria quimicamente parecida com a cocaína e seu o uso prolongado deixaria os pacientes viciados. Os especialistas esclarecem que a Ritalina é uma anfetamina conhecida há cerca de 40 anos e nada tem a ver com a cocaína e também não existe casos de dependência. No Brasil existe um controle...

Palavras chave: ritalina, estudo, cocaína, não, medicamento, existe, a ver cocaína, é, cocaína também, a ver cocaína também, anfetamina, também não, nada a ver, nada, a ver, também, brasil, dependên

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 21 de março de 2007
Hipertensão arterial pulmonar pode ser revertida por ativação do PPAR-gama
Clipping / Publicado em 16 de dezembro de 2005
Uso de dispositivos diretos planos em crianças com má-oclusão classe II
Clipping / Publicado em 18 de novembro de 2005
Fungo africano pode ajudar a combater malária
Clipping / Publicado em 11 de abril de 2005
Operação 'peixe cru' no Rio
Clipping / Publicado em 5 de abril de 2005
Terapia funciona tão bem quanto medicamentos em casos de depressão, diz estudo
Clipping / Publicado em 17 de dezembro de 2004
Cresce em Portugal número de casos de Aids entre idosos
Clipping / Publicado em 19 de dezembro de 2003
Estudo avalia impacto da TRH com Kliofem no risco cardiovascular de diabéticas
Clipping / Publicado em 20 de novembro de 2003
Governo português investe 9 milhões de euros para combater a toxicodependência
Clipping / Publicado em 27 de outubro de 2003
Fiocruz pesquisa vacina genética contra a dengue
Clipping / Publicado em 2 de outubro de 2003
Benefícios da reposição hormonal não compensam riscos, diz estudo


Assinantes


Esqueceu a senha?