Empresa russa congela cérebros para ressurreição no futuro

18 de maio de 2006
Equipe Editorial Bibliomed

18 de Maio de 2006. A Rússia criou seu primeiro banco destinado a conservar cérebros e corpos humanos congelados para quem confiar que o progresso da ciência poderá ressuscitar no futuro. "A maioria das pessoas que vivem hoje em dia tem possibilidade de alcançar a imortalidade física", afirma a empresa russa KrioRus em sua página na internet. Com sede em Alabushve, pequena localidade próxima a Moscou, a empresa congela cérebros humanos e os guarda em vasilhames cheios de nitrogênio líquido, pelo preço de US$ 9 mil e mais um custo anual de US$ 500....

Palavras chave: empresa, russa, empresa russa, congela cérebros, congela, cérebros, futuro, humanos, moscou, cheios nitrogênio líquido, vasilhames, nitrogênio líquido, cheios nitrogênio, mais, us$

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 10 de julho de 2007
Isoflavona de soja sozinha não ajuda a saúde cardíaca
Clipping / Publicado em 6 de junho de 2007
Fumo passivo prejudica saúde cardiovascular das crianças
Clipping / Publicado em 10 de julho de 2006
Estudo sugere que uso de Tylenol pode afetar fígado
Clipping / Publicado em 13 de junho de 2006
Fofoca ajuda a construir amizades, diz estudo
Clipping / Publicado em 3 de dezembro de 2003
Santa Casa de São Paulo precisa de doação de sangue
Clipping / Publicado em 8 de setembro de 2003
Genética liga esquizofrenia à depressão
Clipping / Publicado em 27 de agosto de 2003
Doenças venosas são mais comuns nos idosos e nas mulheres
Clipping / Publicado em 19 de agosto de 2003
Exames de rotina em idosos não detectam demência, diz estudo
Clipping / Publicado em 14 de abril de 2003
Comprovada associação da reabsorção óssea em pacientes submetidos à ressecção intestinal
Clipping / Publicado em 13 de janeiro de 2003
Alterações imunitárias ocorrem em crianças após cirurgia cardíaca


Assinantes


Esqueceu a senha?