Anticoncepcionais orais protegem contra câncer de ovário
08 de fevereiro de 2008
Equipe Editorial Bibliomed

08 de fevereiro de 2008 (Bibliomed). Os anticoncepcionais orais (ACO) foram introduzidos há quase 50 anos e são usados atualmente por cerca de 100 milhões de mulheres. Estes fármacos podem reduzir o risco de câncer ovariano e este benefício para a saúde pública depende da duração do efeito protetor após cessação do uso.

Uma publicação do Collaborative Group on Epidemiological Studies of Ovarian Cancer feita na semana passada no periódico The Lancet investigou este tema em 45 estudos, que incluíam 23.257 mulheres com câncer ovariano...

Palavras chave: anos, redução, uso, aco, câncer, risco, há, ovariano, câncer ovariano, 2008, redução risco, após, orais, mulheres, há 10-19, anos 19% há, 19% há, e 15%, anos apesar, 10-19,

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 22 de abril de 2013
Ooforectomia bilateral aumenta a mortalidade das mulheres com menos de 50 anos
Notícia / Publicada em 22 de janeiro de 2009
Padrões dietéticos e risco de câncer ovariano
Notícia / Publicada em 4 de novembro de 2005
Câncer de ovário: será possível o diagnóstico precoce?
Notícia / Publicada em 11 de novembro de 2002
Contraceptivos orais reduzem risco de cistos ovarianos
Notícia / Publicada em 10 de setembro de 2002
Cálcio x câncer ovariano: estudo
Notícia / Publicada em 9 de julho de 2002
Uso de ACO não relacionado ao câncer de mama
Notícia / Publicada em 3 de junho de 2002
Remoção dos ovários pode beneficiar algumas mulheres
Notícia / Publicada em 10 de maio de 2002
Obesidade ligada à falhas na contracepção
Notícia / Publicada em 15 de setembro de 2000
O Prognóstico do Câncer Ovariano é Melhor em Mulheres com História de Câncer de Mama


Assinantes


Esqueceu a senha?