Pacientes não aderem bem ao uso de aspirina
13 de setembro de 2002
Equipe Editorial Bibliomed

13 de Setembro de 2002 (Bibliomed). Apesar de já terem sido bem estabelecidos os benefícios do uso de baixas doses de ácido acetilsalicílico na redução do risco de complicações cardíacas em indivíduos que já apresentaram um IAM, a maior parte daqueles que recebe a prescrição da droga a suspendem tão logo deixam o hospital. Estudos clínicos de tamanho considerável demonstraram que mais de 70% daqueles que recebem prescrição de aspirina mantém o uso do medicamento, mas estudo apresentado no European Society of Cardiology Congress mostra que a situação real é bem diferente....

Palavras chave: aspirina, à, uso, não, após, prescrição, forma, aderência, à aspirina, aderência à, bem, pesquisadores, medicamento, utilizando, droga, indivíduos, aderência à aspirina, seis meses, meses após, iam,

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 6 de junho de 2013
O uso de aspirina pode reduzir mortalidade em homens com câncer de próstata
Notícia / Publicada em 11 de novembro de 2008
Aspirina e antioxidantes não previnem a progressão do diabetes
Notícia / Publicada em 29 de agosto de 2002
Uso diário de aspirina não é recomendado para todos
Notícia / Publicada em 15 de julho de 2002
Depressão reduz aderência ao tratamento de hipertensão
Notícia / Publicada em 11 de junho de 2002
Uso de aspirina ainda é falho em pacientes cardíacos
Notícia / Publicada em 24 de maio de 2002
Aspirina à noite reduz pressão arterial
Notícia / Publicada em 4 de abril de 2002
Omeprazol e aspirina são estudados durante gravidez
Notícia / Publicada em 29 de setembro de 2000
Baixa Aderência ao Tratamento da Asma Representa um Problema
Notícia / Publicada em 13 de setembro de 2000
A Aderência ao HAART é Melhor Entre Mulheres do que Entre Homens


Assinantes


Esqueceu a senha?