Brasil quebra patente de remédio contra a Aids
27 de agosto de 2001
Equipe Editorial Bibliomed

Belo Horizonte, 27 de Agosto de 2001 (Bibliomed). Por considerar abusivo o preço do Nelfinavir e visando uma economia anual de US$ 35,2 milhões para atender 25 mil pacientes portadores do vírus HIV, o governo brasileiro decidiu pedir o licenciamento compulsório da patente do medicamento fabricado pelo laboratório Roche.

É a primeira vez que o país quebra a patente de um produto, depois de tentar diversas negociações e de embate com o governo norte-americano.

O laboratório Farmanguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), está sendo preparado...

Palavras chave: governo, brasil, laboratório, patente, remédio, preço, roche, nelfinavir, caso, ano, seria, é, nacional, brasileiro, não, licenciamento compulsório, preço nelfinavir, estados unidos, roche brasil, programa brasileiro combate,

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 26 de dezembro de 2001
Laboratórios temem quebra de patente de vacina contra Aids
Notícia / Publicada em 14 de dezembro de 2001
Ministério da Saúde ameaça nova quebra de patente
Notícia / Publicada em 3 de outubro de 2001
Brasil consegue incluir discussão sobre patentes em pauta da OMC
Notícia / Publicada em 30 de agosto de 2001
OMC autoriza Brasil a quebrar patente de anti-retroviral
Notícia / Publicada em 19 de abril de 2001
Cúpula das Américas quer garantir acesso de remédios contra AIDS
Notícia / Publicada em 2 de abril de 2001
O Brasil vence a Merck na batalha dos preços de drogas contra a Aids
Notícia / Publicada em 2 de abril de 2001
Brasil: Merck Cede e Reduz Preço de Efavirenz
Notícia / Publicada em 2 de dezembro de 2000
Resenha Semanal
Notícia / Publicada em 29 de novembro de 2000
Brasil: Governo Brasileiro Resiste a Pressão Pelo Fim da Lei das Patentes, mas Pode Intervir se For Preciso


Assinantes


Esqueceu a senha?