Brasil: Medicamentos Terão Reajuste Médio de 4,4%
19 de dezembro de 2000
Equipe Editorial Bibliomed

São Paulo, 19 de Dezembro de 2000(eHLA). Os ministros José Serrab (Saúde) e Pedro Malan (Fazenda) decidiram por Medida Provisória o índice do reajuste que terá validade de um ano, ou seja. Após este aumento, o preço dos medicamentos fica congelado até 31 de dezembro de 2001.

O reajuste passa a vigorar a partir do dia 15 de janeiro, os preços dos remédios poderão ser reajustados em até 4,4%, seguindo a média ponderada para cada laboratório. Por medicamento, o aumento máximo não poderá ser maior do que 5,94%.

As exceções serão permitidas...

Palavras chave: medicamentos, reajuste, preços, medida, ser, será, 44%, medida provisória, médio 44%, poderá ser, reajuste médio, até, reajuste médio 44%, acordo, provisória, consumidor, partir, terça-feira, poderá, vai,

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 13 de março de 2006
Autorizado novo aumento de medicamentos no Brasil
Notícia / Publicada em 19 de dezembro de 2003
ANS poderá fiscalizar planos de saúde antigos
Notícia / Publicada em 30 de novembro de 2001
Conselho de Farmácia faz pesquisa de preço de medicamentos e detecta aumento excessivo
Notícia / Publicada em 28 de setembro de 2001
Indústrias de genéricos repudiam controle de preços
Notícia / Publicada em 17 de agosto de 2000
Farmácias Recebem Tabelas de Preços de Remédios
Notícia / Publicada em 21 de julho de 2000
Representantes de 60 Laboratórios Debatem na Fazenda Trégua nos Preços dos Remédios
Notícia / Publicada em 14 de julho de 2000
Remédios sobem mais de 200% no Plano Real
Notícia / Publicada em 14 de julho de 2000
Ministério da Saúde não confirma reajustes de remédios
Notícia / Publicada em 5 de julho de 2000
Ministério da Saúde Critica Aumento de Remédios


Assinantes


Esqueceu a senha?