Aptidão cardiorrespiratória na dermatomiosite juvenil a longo prazo: estudo controlado e transversal da doença ativa/inativa - Rheumatology. DOI: 10.1093/rheumatology/key342.

Kristin Schjander, Berntsen, Elisabeth, Edvardsen, Bjørge, Herman, Hansen, Berit, Flatø, Ivar, Sjaastad, Helga, Sanner

Objetivos: Comparar a aptidão cardiorrespiratória (ACR) expressa pelo consumo máximo de oxigênio (VO2max) entre pacientes com dermatomiosite juvenil (DMJ) de longa duração e controles e entre pacientes com doença ativa e inativa, bem como explorar fatores limitantes do exercício e associações entre ACR e variáveis ​​da doença.

Métodos: Pacientes com DMJ (n=45) e controles pareados por idade e sexo (n=45) realizaram um teste de exercício cardiopulmonar (TECP) em uma esteira até a exaustão. A atividade física foi medida por acelerômetros. A atividade da doença, dano e força/função muscular foram avaliados por ferramentas validadas....

Palavras chave: Reumatologia, Pediatria, dermatomiosite juvenil, exercício cardiopulmonar.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Artigo / Publicado em 30 de maio de 2019

Dermatomiosite

Artigo / Publicado em 4 de dezembro de 2017

Exercício como terapia

Artigo / Publicado em 30 de setembro de 2016

Nefropatia na Artrite Reumatoide

Artigo / Publicado em 22 de dezembro de 2016

Arterite de Takayasu

Artigo / Publicado em 7 de novembro de 2000

Lúpus e Artrite

Artigo / Publicado em 26 de dezembro de 2014

A Hipertensão Arterial em Crianças

Artigo / Publicado em 20 de fevereiro de 2015

Fenômeno de Raynaud - patogênese e diagnóstico

Artigo / Publicado em 5 de novembro de 2007

Artrite Reumatóide Juvenil

Artigo / Publicado em 5 de abril de 2016

Enfoque do Paciente Tabagista

Notícia / Publicada em 6 de janeiro de 2020

Aptidão cardiorrespiratória ligada ao volume da substância cinzenta



Assinantes


Esqueceu a senha?