Doença profissional da pele entre os trabalhadores de saúde australianos: uma análise retrospectiva de uma clínica de dermatologia ocupacional, 1993-2014 - Contact Dermatitis. doi:10.1111/cod.12616

Claire L. Higgins, Amanda M. Palmer, Jennifer L. Cahill, Rosemary L. Nixon

Antecedentes: Os profissionais de saúde (PS) estão sob risco de desenvolver doença ocupacional da pele (DOP).

Objetivos: Para apurar as causas do DOP em PS australianos em uma clínica de referência terciária.

Métodos: Uma análise retrospectiva foi realizada de pacientes avaliados na Clínica de Dermatologia Ocupacional em Melbourne 1993-2014.

Resultados: De 685 PS avaliados na clínica durante um período de 22 anos, 555 (81,0%) foram diagnosticados com DOP. O diagnóstico mais comum foi a dermatite de contato irritativa (DCI) (79,1%), seguido de dermatite alérgica de contato (DAC) (49,7%). A alergia à borracha de látex...

Palavras chave: Dermatologia, dermatite, contato, luvas, borracha, formaldeído, isotiazolinonas

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 3 de outubro de 2002

Alergia ao látex

Artigo / Publicado em 22 de agosto de 2016

Dermatite Perioral: revisão de literatura

Artigo / Publicado em 5 de maio de 2005

Dermatite irritante de contato

Artigo / Publicado em 24 de outubro de 2007

Disidrose

Artigo / Publicado em 30 de junho de 2015

Dermatite das Fraldas

Artigo / Publicado em 6 de junho de 2016

De que morrem os médicos?

Notícia / Publicada em 8 de agosto de 2016

Pequenas cirurgias realizadas com luvas não estéreis não aumentam as infecções do sítio cirúrgico

Notícia / Publicada em 4 de abril de 2014

Substância presente em protetores solares pode causar dermatite

Notícia / Publicada em 16 de julho de 2013

Efeitos da cerveja e seus componentes na saúde da pele

Notícia / Publicada em 12 de setembro de 2001

Congresso Nacional de Dermatologia começa neste sábado



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa