Uso da sinvastatina no tratamento da asma: falta de efeito antiesteroide - Thorax 2010;65:891-896.

Cowan DC, Cowan JO, Palmay R, Williamson A, Taylor DR. Simvastatin in the treatment of asthma: lack of steroid-sparing effect.

Cenário: As estatinas têm ações anti-inflamatórias que, em teoria, são potencialmente benéficas na asma. Estudos pequenos falharam em demonstrar um benefício significativo, mas ainda não foi realizado um estudo sistemático para avaliar o efeito antiesteroide do tratamento com estatinas.

Métodos: Um estudo randomizado, placebo controlado e transversal foi conduzido com o uso de 40mg de sinvastatina à noite, com redução gradual simultânea da dose de propionato de fluticasona até a ocorrência de perda do controle, seguida por um aumento até retomar o controle (dose ‘mínima’ requerida) em 51 pacientes com asma e eosinofilia no escarro (livre...

Palavras chave: sinvastatina, dose, p, asma, =, pacientes, não, p =, placebo, dia, controle, estudo, perda controle, dose ‘mínima’, grupos sinvastatina placebo, grupos sinvastatina, grupos, tratamento, ‘mínima’, 0-250,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Uso da sinvastatina no tratamento da asma: falta de efeito antiesteroide - Thorax 2010;65:891-896. sinvastatina, dose, p, asma, =, pacientes, não, p =, placebo, dia, controle, estudo, perda controle, dose ‘mínima’, grupos sinvastatina placebo, grupos sinvastatina, grupos, tratamento, ‘mínima’, 0-250, ',@type='ARTICLE', @libdocidant=0, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?