Câncer Endometrial

Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução - Sinais e sintomas - Abordagem diagnóstica - Tratamento - Complementação do pós-operatório - Tratamento de tumores recidivantes - Seguimento e controle - Conclusão - Referências Bibliográficas. Introdução. Cada parte do útero pode dar origem a uma variedade de tumores: os leiomiossarcomas e leiomiomas surgem da musculatura lisa; do estroma endometrial têm origem outros sarcomas, e o revestimento glandular pode degenerar-se em adenocarcinomas. Entretanto, os Carcinomas Endometriais respondem por 95% das neoplasias uterinas e são as neoplasias ginecológicas mais comuns. O sangramento uterino é a apresentação mais frequente destes tumores e deve ser valorizado em toda paciente.. Em geral, os Carcinomas Endometriais derivam de lesões pré-malignas (Hiperplasias Endometriais) decorrentes de estímulo ou influência hormonal excessiva. A Hiperplasia Endometrial é diagnosticada por meio de biópsias do endométrio e, na maioria das mulheres, sua presença é uma indicação de ...

Palavras chave: Mulheres, risco, estrogênio, carcinoma endometrial, hormonal, tumores.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Câncer Endometrial Mulheres, risco, estrogênio, carcinoma endometrial, hormonal, tumores.',@type='ARTICLE', @libdocidant=17713, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?