Bacteriúria assintomática em jovens sexualmente ativas: fator de previsão da infecção urinária

Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução - Incidência - Abordagem e tratamento - Conclusão - Referências Bibliográficas. Introdução. A maioria das infecções do trato urinário (ITU) são infecções não complicadas que ocorrem em mulheres jovens. Uma ampla avaliação não é necessária na maioria dos casos, e os pacientes podem ser tratados com segurança como pacientes ambulatoriais com antibióticos orais. A Escherichia coli é de longe o uropatógeno mais comum, respondendo por >80% de todos os casos. . Outros grandes problemas clínicos associados à ITU incluem a bacteriúria assintomática e aqueles pacientes com ITU complicada. ITUs complicadas são um grupo heterogêneo associado a condições que aumentam o risco de adquirir infecção ou falha no tratamento. A distinção entre ITU complicada e não complicada é importante, pois influencia a avaliação inicial, a escolha e a duração da terapia antimicrobiana.. A bacteriúria assintomática é um achado comum nas mulheres jovens Publicações recentes confirmam que a bacteriúria assintomática é benigna na maioria dos pacientes. O tratamento antimicrobiano inadequado da bacteriúria assintomática ...

Palavras chave: Bacteriúria, infecção urinária, piúria, jovens, sexual.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Bacteriúria assintomática em jovens sexualmente ativas: fator de previsão da infecção urinária Bacteriúria, infecção urinária, piúria, jovens, sexual.',@type='ARTICLE', @libdocidant=17683, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?