Dismorfofobia

Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução - Abordagem diagnóstica - Tratamento - Conclusão - Referências. Introdução. A dismorfofobia, também denominada Transtorno Dismórfico Corporal (TDC), é conhecida há mais de um século e caracteriza-se por uma fixação em um defeito físico imaginário ou mínimo, gerando níveis excessivos de ansiedade.. O Transtorno Dismórfico Corporal afeta cerca de 1% da população e pode resultar em disfunção ocupacional ou mesmo incapacitação social importante. A prevalência do TDC parece ser maior em pacientes mais jovens e naqueles sob tratamento dermatológico (cerca de 11% dos pacientes dermatológicos apresentam dismorfofobia).. Os resultados apoiam a teoria de que atitudes de provocação baseadas na aparência são um fator de risco específico para sintomas dismórficos corporais e comprometimento funcional associado. Especificamente, nas mulheres, os efeitos da atitudes provocantes na saúde mental são mais fortes e mediadas pela sensibilidade de rejeição baseada na aparência (RBA) e nas preocupações dismórficas. De maneira geral, os resultados apontam para a relevância da RBA para modelos ...

Palavras chave: Síndrome dismórfica, hipocondria, transtorno dismórfico corporal, dismorfofobia, obsessão, distúrbio da ansiedade, depressão.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Dismorfofobia Síndrome dismórfica, hipocondria, transtorno dismórfico corporal, dismorfofobia, obsessão, distúrbio da ansiedade, depressão.',@type='ARTICLE', @libdocidant=17541, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?