Torção Ovariana

Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Avaliação da paciente. - Exames complementares. - Abordagem terapêutica. - Conclusão. - Referências.  . Introdução. A Torção Ovariana é um distúrbio mais comum em mulheres em idade fértil, mas não é considerado raro em meninas na pré-menarca ou em mulheres pós-menopausa. A paciente com suspeita de Torção Ovariana deve receber uma abordagem de emergência para reduzir o risco de complicações. A laparoscopia é o procedimento mais indicado. Apesar da aparência necrótica de muitos ovários torcidos, a reversão da torção é a única manobra indicada durante a cirurgia: posteriormente, mais de 80% das pacientes recuperam a função do órgão acometido. A possibilidade de torção ovariana deve ser considerada em toda paciente com queixa de hipogastralgia.. Estudos epidemiológicos sugerem que a torção ovariana seja uma das cinco urgências ginecológicas mais comuns. O evento pode acometer mulheres nas mais diversas faixas etárias, mas é mais comum em mulheres mais jovens. Aproximadamente 20% dos casos ocorrem em gestantes, e 70-75% das pacientes possuem menos de 30 anos idade.. A ...

Palavras chave: torção, ovariana, mulheres, idade, comum, gestantes, anos, idade, cistos, ovário, urgência

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?