Avaliação da função autonômica na Doença de Chagas

Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo: . - Introdução. - Sistema Nervoso Parassimpático e Simpático. - Sistema Nervoso Autônomo e as formas clínicas da Doença de Chagas. - Patogênese. - Implicações prognósticas da disfunção autonômica. - Referências. . Introdução. A doença de Chagas continua sendo um importante problema de saúde pública e uma das principais causas de morbidade e mortalidade na América Latina. Apesar de quase um século de pesquisa, a patogênese da cardiomiopatia chagásica crônica é compreendida de maneira incompleta, sendo o desafio mais intrigante a complexa interação hospedeiro-parasita.. A patogênese da doença cardíaca de Chagas crônica é dependente de uma infecção sistêmica de baixo grau, mas incessante, com reações imunológicas e adversas documentadas. A persistência do parasita e os mecanismos imunológicos estão inextricavelmente relacionados na agressão miocárdica na fase crônica da doença de Chagas.. O acometimento autonômico na doença de Chagas tem sido descrito há muitas décadas, mas seu real papel patogenético e prognóstico permanece desconhecido. O sistema nervoso parassimpático é acometido mais ...

Palavras chave: Doença de Chagas, sistema nervoso autônomo, cardiopatia chagásica, parassimpático

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Avaliação da função autonômica na Doença de Chagas Doença de Chagas, sistema nervoso autônomo, cardiopatia chagásica, parassimpático',@type='ARTICLE', @libdocidant=17362, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?