Tratamento da pericardite aguda

Equipe Editorial Bibliomed

© Equipe Editorial Bibliomed. Neste Artigo: . - Introdução - Tratamento - Supressão da Recorrência - Referências Bibliográficas Introdução. Infiltração do pericárdio por células inflamatórias é o sinal sine qua non da pericardite. A pericardite aguda (PA) pode resultar de distúrbios primários do pericárdio ou secundário a diversas doenças sistêmicas, as quais podem se apresentar primariamente com PA. Estudos de necropsia mostram achado de PA em até 5% dos casos, sugerindo envolvimento pericárdico subclínico em diversas condições. . A PA é responsável por até 5% dos casos de dor torácica nos serviços de emergência. A despeito das várias causas possíveis, o curso da doença é, de maneira geral, auto-limitado, ocasionalmente levando a sequelas. Nos países desenvolvidos, 80-90% dos casos de PA são idiopáticos ou de causa viral, não sendo possível identificar etiologia prontamente. Nos casos que cursam com sequela, o pericárdio cursa com formação de cicatrizes ou calcificações, com consequências hemodinâmicas. A resposta pericárdica varia, em parte, com base no espectro patológico da PA, existindo formas serosas, sem derrame, fibrinosas ...

Palavras chave: pa, casos, é, pericardite, pericárdico, tratamento, após, pericárdio, derrame, ser, não, dor torácica, miocárdio, são, até, , até 5% casos, derrame pericárdico, 5% casos, células inflamatórias,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Tratamento da pericardite aguda pa, casos, é, pericardite, pericárdico, tratamento, após, pericárdio, derrame, ser, não, dor torácica, miocárdio, são, até, , até 5% casos, derrame pericárdico, 5% casos, células inflamatórias, ',@type='ARTICLE', @libdocidant=16884, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?