Pele Artificial


Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:. - Introdução - Características dos Substitutos Cutâneos - Histórico - Classificação dos Substitutos Cutâneos - Conclusão . Introdução. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorreram cerca de 410 mil queimaduras nos Estados Unidos da América em 2008, dos quais cerca de 40.000 necessitaram de internação hospitalar. Os pacientes portadores de queimaduras graves frequentemente necessitam de grandes enxertos de pele. . A tendência atual de tratamento das queimaduras mudou para uma abordagem mais holística visando a melhoria na forma e função das área lesadas e melhor qualidade de vida a longo prazo. Isso exigiu o surgimento de vários substitutos de pele no tratamento de queimaduras agudas , bem como reconstruções pós queimadura. Por definição, os substitutos cutâneos são um grupo heterogêneo de materiais de cobertura da ferida que auxiliam a cicatrização e substituem as funções da pele, de forma temporária ou permanente, dependendo das características do produto. Estas substâncias são alternativas para a cobertura padrão da ferida em circunstâncias em que as terapias convencionais não são desejáveis. ...

Palavras chave: enxerto, queimadura, úlceras, pele artificial, infecções

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa