Depressão e obsessões podem ser curadas com estímulo elétrico do cérebro

28 de outubro de 2004
Equipe Editorial Bibliomed

28 de outubro de 2004. Um estímulo elétrico numa área precisa do cérebro de pessoas que sofrem de obsessões compulsivas e depressões pode ajudá-las a conseguir a cura, segundo testes que uma equipe de neurocirurgiões franceses acaba de fazer. Uma equipe do Centro Nacional de Pesquisa Científicas da França (CNRS) e do Hospital Universitário de Bordeaux (CHU) testou com sucesso uma nova técnica de estímulo do cérebro, que consiste em instalar eletrodos ao nível "da cabeça do núcleo caudado, situado na metade do cérebro", disse o neurocirurgião...

Palavras chave: cérebro, estímulo elétrico, obsessões, estímulo, equipe, elétrico, chu, técnica estímulo, nova técnica estímulo, universitário, nova técnica, sucesso nova, nível, consiste, instala

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 4 de abril de 2007
Efeitos clínicos em curto prazo de tolvaptan em pacientes hospitalizados por insuficiência cardíaca.
Clipping / Publicado em 25 de maio de 2006
Testosterona injetável ajuda a retardar "menopausa masculina"
Clipping / Publicado em 5 de outubro de 2005
ONU alerta sobre falsos diagnósticos em crianças hiperativas
Clipping / Publicado em 2 de setembro de 2005
Pensar em Deus diminui problemas de ansiedade, diz estudo
Clipping / Publicado em 26 de janeiro de 2004
Pacientes oncológicos envolvidos em ensaios clínicos se saem melhor que os outros?
Clipping / Publicado em 24 de novembro de 2003
61% dos que vão ao SUS têm plano particular
Clipping / Publicado em 19 de novembro de 2003
Avanços na compreensão e no manejo da dor neuropática
Clipping / Publicado em 12 de novembro de 2003
Sinais inflamatórios ajudam a prever eventos cardiovasculares em idosos
Clipping / Publicado em 30 de julho de 2003
Farmácia popular vai vender medicamentos a R$ 1 para idosos de Niterói
Clipping / Publicado em 17 de março de 2003
Foco de pneumonia atípica preocupa na Austrália


Assinantes


Esqueceu a senha?