Carne vermelha implicada no surgimento de tumores

01 de outubro de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

01 de Outrubro de 2003. Pesquisa conduzida por cientistas na Universidade da Califórnia em San Diego revelou que comer carne vermelha introduz um molécula potencialmente perigosa em tecidos do corpo, que poderia induzir um quadro inflamatório danoso. A molécula, chamada de ácido N-gliconeuraminico (Neu5Gc), é absorvida em tecidos como vasos sanguíneos e células secretórias; testes revelam que ela gera uma resposta imune. Os investigadores não excluíram um possível vínculo com o câncer e doenças cardíacas. Vários estudos ligaram as carnes vermelhas ao câncer,...

Palavras chave: molécula, tumores, carne, carne vermelha, british medical, não, vermelha, tecidos, medical, câncer, humanos, neu5gc, british, doença cardíaca, doença cardíaca possivelmente, câncer d

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 8 de maio de 2007
História natural de seis meses da infecção oral versus cervical por HPV
Clipping / Publicado em 4 de abril de 2007
Lipoproteína de alta densidade e risco de tromboembolismo venoso recorrente
Clipping / Publicado em 21 de março de 2007
Crise de sonambulismo faz homem atacar a esposa na Inglaterra
Clipping / Publicado em 20 de março de 2007
Médicos japoneses pedem o fim da respiração boca a boca
Clipping / Publicado em 10 de julho de 2006
Porto seguro e perigoso
Clipping / Publicado em 19 de abril de 2006
Variações genéticas do receptor adrenérgico-ß2 e o risco de morte súbita cardíaca
Clipping / Publicado em 13 de outubro de 2005
Tamanho de tumor determina índice de sobreviventes de cânceres de boca
Clipping / Publicado em 20 de abril de 2005
Médicos curam diabete com transplante pancreático de doador vivo
Clipping / Publicado em 10 de janeiro de 2005
Crianças obesas se tornam adultos obesos, diz estudo
Clipping / Publicado em 24 de novembro de 2004
Ultra-sonografia transesofágica para determinação da função ventricular após cirurgia cardíaca


Assinantes


Esqueceu a senha?