Pesquisadores comentam utilidade e limites do genoma dos cães

26 de setembro de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

26 de Setembro de 2003. Próximos do fim do mapeamento genético de mais um mamífero, cientistas discutem os benefícios do seqüenciamento do genoma do cão para a pesquisa científica. De acordo com um artigo publicado na revista Science, o DNA dos cães esconde pelo menos 360 doenças que têm correspondência no homem. Até hoje, esses animais têm sido usados com sucesso para testes de segurança de medicamentos e terapias genéticas. Eles existem em mais de 400 raças distintas, com um vasto conjunto de diferenças genéticas de natureza morfológica e comportamental,...

Palavras chave: genoma, mais, cão, genoma cão, limites, genéticas, têm, animais, cães, exploração genética, próprias exploração, comportamental próprias, exploração, exploração genética entanto, r

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 25 de março de 2007
Alta incidência de dengue na região Centro-Oeste assusta autoridades
Clipping / Publicado em 6 de março de 2007
O sucesso de um programa de educação em promover amamentação exclusiva por 6 meses em famílias com história de asma: um estudo randômico e controlado
Clipping / Publicado em 18 de julho de 2006
HGB faz primeiro transplante de fígado com novo critério de fila no Rio
Clipping / Publicado em 29 de março de 2006
Cientistas buscam pílula que reduza risco de câncer
Clipping / Publicado em 20 de setembro de 2005
Mães adolescentes geralmente não cuidam bem da própria saúde, revela estudo
Clipping / Publicado em 13 de novembro de 2003
Sósia do DNA corta suprimento de tumores
Clipping / Publicado em 22 de outubro de 2003
Pesquisa mostra que atletas sofrem de fibromialgia
Clipping / Publicado em 28 de agosto de 2003
HC procura voluntários para pesquisa sobre depressão
Clipping / Publicado em 10 de julho de 2003
Técnica facilita detecção de tuberculose
Clipping / Publicado em 16 de maio de 2003
Mercúrio contamina mil bebês no Pará


Assinantes


Esqueceu a senha?