Proteínas da medula podem ajudar a diagnosticar Alzheimer

17 de setembro de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

17 de Setembro de 2003. O diagnóstico do mal de Alzheimer pode ser beneficiado por duas proteínas presentes no líquido cefalorraquiano, revela um estudo publicado na revista "Archives of Neurology". Segundo a pesquisa, as duas proteínas, a tau fosforilada e a beta-amilóide 42, estão ligadas ao distúrbio e o cálculo da proporção entre as duas mostrou-se um método válido. Foram avaliados cem pacientes com problemas mentais e 31 aparentemente saudáveis. Desses, 30 não apresentaram problemas, 19 tinham outras doenças e 51 tinham mal de Alzheimer. Verificou-se...

Palavras chave: proteínas, alzheimer, mal, mal alzheimer, tempo, problemas, pacientes, identificou, não, menos, proporção, duas, 51 mal, mal alzheimer verificou-se, alzheimer verificou-se, doença

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 23 de junho de 2005
Mapa do assédio
Clipping / Publicado em 9 de maio de 2005
Os genes de Deus
Clipping / Publicado em 12 de fevereiro de 2004
Aquisição e inibição de respostas inadequadas na esquizofrenia
Clipping / Publicado em 23 de janeiro de 2004
Você fala o que come
Clipping / Publicado em 17 de dezembro de 2003
Polícia paraguaia descobre novo tipo de maconha
Clipping / Publicado em 31 de outubro de 2003
Pode a paralisia cerebral ser prevenida?
Clipping / Publicado em 30 de outubro de 2003
Novos medicamentos contra Aids reconstroem sistema imunológico
Clipping / Publicado em 30 de outubro de 2003
Brasileiros criam técnica para amenizar cicatriz de queimadura
Clipping / Publicado em 29 de setembro de 2003
Esportistas usam insulina para melhorar desempenho
Clipping / Publicado em 10 de setembro de 2003
Pesquisadora diz que jovens britânicos estão contraindo o HIV para se auto-afirmar


Assinantes


Esqueceu a senha?