Novo estimulante sexual consegue eficácia em 92% dos casos e promete superar Viagra

30 de abril de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

30 de Abril de 2003. Foi lançado esta semana no Brasil o Levitra, um medicamento indicado para o tratamento da disfunção erétil que tem 92% de eficácia em testes. Cerca de 12 milhões de brasileiros têm disfunção erétil, no mundo esse número é de 152 milhões de homens incapazes de obter e/ou manter a realização do ato sexual de forma satisfatória. O Levitra demorou oito anos para ser desenvolvido pela Bayer e Glaxo Smith Kline (GSK) e espera estar tratar a grande parcela da população que sofre com o problema, seja por causa de impotência sexual ou ejaculação...

Palavras chave: eficácia, ser, 92%, sexual, disfunção erétil, anos, eficácia 92%, medicamento, disfunção, milhões, erétil, levitra, brasil, ejaculação precoce, impotência sexual ejaculação, sexual

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 16 de janeiro de 2004
Concorrente do Viagra será fabricado no Brasil
Clipping / Publicado em 30 de dezembro de 2003
Avaliada a evolução de pacientes com fístulas arteriovenosas para acesso vascular à hemodiálise
Clipping / Publicado em 3 de novembro de 2003
Sistema caseiro pode ser novo teste de fertilidade
Clipping / Publicado em 24 de outubro de 2003
Licopeno, além da prevenção
Clipping / Publicado em 5 de setembro de 2003
Americanos usam satélite contra a obesidade
Clipping / Publicado em 23 de julho de 2003
Siamesas sul-coreanas são separadas em Cingapura
Clipping / Publicado em 9 de abril de 2003
Trombocitopenia induzida pela heparina ocorre na via de administração subcutânea
Clipping / Publicado em 8 de abril de 2003
Avaliada a possibilidade de associação entre otites na infância, uso de aparelhos de som estéreo individuais e perda auditiva
Clipping / Publicado em 1 de abril de 2003
Roche doa direito de produção de remédio
Clipping / Publicado em 20 de fevereiro de 2003
Menino contrai gripe das aves e traz medo de epidemia


Assinantes


Esqueceu a senha?