Cientistas tentam entender canhotos

31 de março de 2006
Equipe Editorial Bibliomed

31 de Março de 2006. Abridores de latas, tesouras e cadernos com espirais discriminam os canhotos. Apesar desses desafios, 10 a 12% da população humana historicamente preferiu a mão esquerda. Por que esse número nunca muda? Ninguém sabe ao certo, mas uma nova pesquisa mantém uma série de evidências que sugerem que a genética tem uma mãozinha nisso. Assim como muitas características pessoais, ser canhoto ou destro é provavelmente determinado por uma interação complexa entre genes e meio ambiente, dizem os especialistas.

Fonte:

Palavras chave: canhotos, destro, que, sugerem, nisso assim, mãozinha nisso, mãozinha nisso assim, características pessoais, assim características, evidências, série, assim, nisso, características

 

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 22 de junho de 2007
Impotência pode indicar risco de doença cardíaca
Clipping / Publicado em 13 de abril de 2007
Ensinando aos cirurgiões sobre habilidades não técnicas
Clipping / Publicado em 20 de março de 2006
Qualidade de vida de jovens com dor crônica é pior não apenas pela dor, fatores psicosociais também influenciam
Clipping / Publicado em 17 de janeiro de 2006
Processo inteligente
Clipping / Publicado em 30 de setembro de 2005
Escola Paulista de Medicina conscientiza mulheres sobre a importância do ácido fólico
Clipping / Publicado em 1 de março de 2004
O treino em grupo é estimulante e divertido
Clipping / Publicado em 14 de janeiro de 2004
Estudo investiga repercussões da esquizofrenia sobre aspectos da vida social dos pacientes
Clipping / Publicado em 13 de outubro de 2003
Adolescente também precisa ser vacinado
Clipping / Publicado em 24 de setembro de 2003
Campanha quer vacinar jovens de 10 a 19
Clipping / Publicado em 26 de maio de 2003
´A Aids já não causa uma matança absurda´


Assinantes


Esqueceu a senha?