Publicidade

Publicidade

Publicidade

ADVIL

Laboratório

Lab. Wyeth-Whitehall Ltda. Unid. Oper. Whitehall

Principio ativo

IBUPROFENO

Classe

Analgésicos e antitérmicos

Composição

Cada comprimido revestido contém: Ibuprofeno 200 mg. Excipientes: Ácido esteárico, dióxido de silício, sacarose, carboximetilcelulose, goma, sulfato de cálcio, cera, polivinilpirrolidona, amido, corante.

Apresentação

ADVIL® comprimidos revestidos: Embalagens com 20 e 100 comprimidos revestidos de 200 mg.

Indicações

Analgésico. ADVIL® é indicado para alívio temporário da dor leve a moderada associada a resfriado comum, dor de cabeça, dor de dente, dores musculares, dismenorréia, dores articulares e na redução da febre.

Contra indicações

Não utilizar nos casos em que o ácido acetilsalicílico, iodeto e outros antiinflamatórios não-esteróides, inclusive o ibuprofeno, tenham induzido asma, rinite, urticária, pólipo nasal, angioedema, broncoespasmo e outros sintomas de reação alérgica ou anafilática. Evitar o uso durante o período de gravidez ou lactação, exceto por orientação médica.

Posologia

Adultos: Tomar 1 comprimido revestido a cada 4 a 6 horas, enquanto o sintoma persistir. Se o sintoma não melhorar com 1 comprimido revestido, 2 comprimidos revestidos podem ser tomados. Não exceder a 6 comprimidos revestidos em 24 horas, exceto sob orientação e acompanhamento médico. Se ocorrer azia ou dor estomacal ocasional, ADVIL® pode ser tomado com leite ou comida. Crianças: Não administrar em crianças com menos de 12 anos de idade, exceto sob orientação e acompanhamento médico.

Reações adversas

A incidência de reações adversas é baixa, porém, podem ocorrer náuseas e vômitos, diarréia, constipação intestinal e dor epigástrica, reações de hipersensibilidade, ambliopia tóxica, elevação significativa da transaminase no soro, retenção de líquidos e edema. Inibição da agregação plaquetária, linfopenia, anemia hemolítica, agranulocitose, trombocitopenia, rash cutâneo, depressão, tontura e insônia.

Interações medicamentosas

Os pacientes que não toleram o ácido acetilsalicílico ou qualquer dos demais analgésicos antiinflamatórios não-esteróides também podem não tolerar o ibuprofeno. Evitar o uso simultâneo com outros analgésicos, inclusive o próprio ibuprofeno, ou ainda, medicamentos que possam causar hipoprotrombinemia, trombocitopenia ou úlcera/irritação gastrintestinal. Podem ocorrer reações de hipersensibilidade em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico e outras doenças do colágeno. Utilizar com cautela em pacientes idosos, iniciando o tratamento com doses reduzidas. Deve ser administrado com cautela em pacientes com desordens sangüíneas, doentes cardíacos, com úlcera péptica e aqueles que recebem anticoagulantes cumarínicos.
© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa