Publicidade

Publicidade

Publicidade

OROXADIN

Laboratório

SANOFI-SYNTHELABO Ltda

Principio ativo

CIPROFIBRATO

Classe

Anti-dislipidêmicos

Composição

Apresentação

Cartuchos contendo 10 e 30 comprimidos de OROXADIN com 100 mg de ciprofibrato.

Indicações

Tratamento da hiperlipidemia primária resistente a medidas dietéticas apropriadas, incluindo hipertrigliceridemia, hiperlipidemia mista (tipos IIa, IIb, III e IV da classificação de Frederickson) e hipercolesterolemia. OROXADIN é um modulador lipídico de largo espectro. É um complemento eficaz da dieta no controle de concentrações elevadas do colesterol LDL e VLDL e dos triglicerídeos. O ciprofibrato aumenta o nível do colesterol HDL.

Contra indicações

Insuficiência hepática ou renal graves, na gravidez e na lactação e em pacientes com hipersensibilidade ao ciprofibrato.

Posologia

1 comprimido de 100 mg ao dia. Em pacientes com insuficiência renal moderada, metade da dose poderá ser adequada pela administração de 1 comprimido em dias alternados.

Reações adversas

Ocasionalmente cefaléia, vertigem e sintomas gastrointestinais. Tais reações foram usualmente leves ou moderadas, ocorreram no início do tratamento e tornaram-se menos freqüentes com a continuação da terapêutica. Foram referidas reações cutâneas, principalmente alérgicas.

Interações medicamentosas

Na ocorrência de mialgia, sensibilidade à palpação ou fraqueza muscular, os níveis séricos de creatinoquinase (CPK) devem ser imediatamente verificados suspendendo-se o tratamento caso seja diagnosticada miopatia ou se os níveis de CPK estiverem muito altos; a posologia recomendada de 100 mg diários não deve ser ultrapassada; pacientes com alteração de função hepática; o tratamento deverá ser interrompido no caso de alterações persistentes das enzimas hepáticas; pacientes com insuficiência renal.
© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa