Publicidade

Publicidade

Publicidade

ANLODIBAL

Laboratório

Lab. Baldacci S.A

Principio ativo

ANLODIPINO, BESILATO

Classe

Anti-hipertensivos

Composição

Cada comprimido de 5 mg contém: Besilato de anlodipino 6,94 mg (equivalente a 5 mg de anlodipino base). Cada comprimido de 10 mg contém: Besilato de anlodipino 13,89 mg (equivalente a 10 mg de anlodipino base).

Apresentação

5 mg: Caixa contendo 30 comprimidos amarelos em blister. 10 mg: Caixa contendo 30 comprimidos brancos em blister.

Indicações

É indicado no tratamento da hipertensão arterial, como droga única ou em associação com outros agentes anti-hipertensivos, tais como agentes b-bloqueadores, diuréticos ou inibidores da ECA (enzima de conversão da angiotensina). No tratamento da insuficiência coronária, como droga única ou em associação a outras drogas, tanto na angina crônica estável como na vasoespástica (Prinzmetal ou angina variante).

Contra indicações

ANLODIBAL está contra-indicado em pacientes que apresentam hipersensibilidade ao anlodipino ou aos demais componentes da fórmula.

Posologia

A introdução de tratamento anti-hipertensivo com produtos antagonistas do íon cálcio deve sempre utilizar a menor dose. A seguir, em prazo de 7 a 14 dias (em média 10 dias), após a reavaliação clínica do paciente e de acordo com sua resposta terapêutica, inicia-se a titulação da dose. Indivíduos de baixa estatura, baixo peso, idosos ou com insuficiência hepática, devem começar com 2,5 mg (1/2 comprimido de 5 mg), uma vez ao dia, inclusive para pacientes submetidos a outra terapia anti-hipertensiva à qual se adiciona ANLODIBAL. A dose recomendada para angina crônica estável ou vasoespástica é de 5 a 10 mg. A maioria dos pacientes necessita de 10 mg para o efeito adequado.

Reações adversas

Em geral, o tratamento com o anlodipino é bem tolerado com doses de até 10 mg/dia. Os efeitos colaterais mais comuns foram cefaléia e edema; outros efeitos colaterais foram relatados com incidência menor que 1%: tontura, vermelhidão, palpitações, fadiga, náusea, sonolência e dor abdominal.

Interações medicamentosas

© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa