Manual de Terapêutica Clínica - 28ª Ed. - Capítulo 17 - Distúrbios da Hemostasia

Gregory A. Ewald valiação da Função Hemostática I.  Regulação da hemostasia. A integridade da vasculatura é mantida através de uma série complexa de interações entre o endotélio vascular, as macromoléculas subendoteliais, as plaquetas e os fatores plasmáticos de coagulação. A perturbação do equilíbrio normal entre as atividades pró-coagulantes e anticoagulantes pode resultar em distúrbios hemorrágicos ou trombóticos. A. A hemostasia primária, em resposta a uma lesão vascular, é realizada pela aderência das plaquetas à matriz subendotelial, em uma reação que requer o fator de von Willebrand (FvW). As plaquetas são ativadas e se agregam, formando um tampão hemostático e promovendo a vasoconstrição, por meio da liberação de tromboxano A2. B.A cascata de coagulação. A formação do coágulo de fibrina ocorre quando a trombina é gerada, a partir da protrombina, como subproduto das vias de coagulação intrínseca e extrínseca (Fig. 17-1). A cascata de coagulação é complexa e estritamente....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?